Ação de bandido foi frustrada por militar em folga

Em Sobradinho, uma região administrativa do Distrito Federal, a ação de um bandido, que tinha tudo para ser mais um entre muitos roubos de nosso cotidiano. não teve o término conforme o planejado… ao menos não para o bandido.

Lelisvaldo Silva, de 26 anos, observava um idoso que realizava um saque em sua conta bancária, e ao notar sua distração, decidiu praticar o famoso golpe da “saidinha”, que consiste no roubo dos ganhos de alguem que acaba de realizar algum tipo de serviço bancário, geralmente de alto valor. Assim, Lelisvaldo roubou R$3.932 de um senhor idoso não identificado. Porém durante sua ação, Lelisvaldo foi observado por um policial militar em dia de folga, que ao reconhecer a vulnerabilidade do idoso, decidiu agir por conta própria, de forma discreta e contida.

Desta forma, o policial passou a seguir o criminoso em seu carro até a rodoviária, tomando o cuidado necessário para que sua perseguição não fosse notada por Lelisvado, que antes que pudesse se evadir, foi capturado pelo policial ao desviar de sua rota e entrar em um mercado para trocar de blusa (peça esta que havia sido adquirida com os ganhos do idoso), provavelmente para, caso houvesse algum tipo de ação rápida, não fosse reconhecido por suas roupas. Assim, capturado, ele foi encaminhado para a delegacia para melhores esclarecimentos e para a devida apuração dos fatos.

Graças à ação ágil e discreta do policial militar, o idoso pôde recuperar seu dinheiro sem grandes transtornos, já que não houve tempo hábil para que o dinheiro fosse perdido ou gasto, sendo possível identificar de pronto a propriedade do idoso. Este tipo de ato, é extremamente perigoso, já que, por exemplo, um policial foi morto ao tentar impedir um assalto, e muitos outros estão sofrendo atentados sérios fora de serviço.

Na delegacia, Lelisvaldo foi identificado e constatou-se que além de algumas passagens prévias, ele havia recebido dois disparos de arma de fogo em brigas anteriores.

Leave a Reply

Your email address will not be published.